previous arrow
next arrow
Slider

700 X 700 22 - Disco De Vinil Rock And Roll, HD Png Download - 700x700(#2822181) - PngFind

O Camaleão Rock 2021 está apenas começando , e como 2021 vai ser a mesma coisa que foi 2020 , vamos relembrar 2020 com alguns discos que foram lançados no ano passado. OS 18 DISCOS INTERNACIONAIS DE ROCK LANÇADOS EM 2020 seria um Especial de Fim de Ano do Camaleão Rock 2020 mas como 2021 chegou tão rápido , vamos iniciar a Programação 2021 do Camaleão Rock com este especial , OS 18 DISCOS INTERNACIONAIS DE ROCK LANÇADOS EM 2020 ! CONFERE AÍ !

  • Porridge Radio – ‘Every Bad’

Porridge Radio , grupo de Brighton (Reino Unido) liderado por Dana Margolin. Após umas gravações para sondar o terreno, lançam o soberbo Every Bad, o disco que todo jovem (e nem tanto) indignado necessita.

A raiva que Margolin transmite, recorda Kurt Cobain e PJ Harvey. “Você está me fazendo perder tempo, alguém tinha que lhe dizer isso, e me alegro de ter sido eu”, vocifera Margolin na música Long , música presente em ‘Every Bad’. Rock taciturno contra a inação.

  • Deep Purple – ‘Whoosh!’

Deep Purple , banda clássica. Em ‘Whoosh!’ , o mítico grupo inglês abrange toda a sua extensa carreira (Rock Pesado, Sinfonismo, Psicodelia) e deixa alguma pérola estranha, mas sugestiva, quase Pop pegajoso. Isso é: surpreendente e maravilhoso.

  • Dent May – ‘Late Checkout’

Nascido no Mississippi e radicado na Califórnia, Dent May é um músico de 35 anos, obcecado em compor a canção perfeita. E está muito perto de conseguir este feito com o disco ‘Late Checkout’.

O disco é absolutamente maravilhoso. May se aproxima dos momentos mais memoráveis de Brian Wilson. Compõe sofisticadas toadas que conseguem que o céu se abra e tudo seja colorido. Disco necessário. 

  • The Lemon Twigs – ‘Songs for the General Public’

The Lemon Twigs : banda formada pelos irmãos D’Addario, Brian e Michael, de Nova York, nos fazendo recordar das boas canções que Ian Hunter, David Bowie, Elton John e Slade faziam nos anos setenta.

O álbum ‘Songs for the General Public’ , dos irmãos D’Addario , chega com canções de qualidade, difíceis de encontrar todas juntas em um único disco. Qualquer uma delas (e são 12) com potencial para tocar nas estações de rádio. A pena é não estarmos nos anos setenta, e as paradas radiofônicas, na atualidade, estarem em outras batalhas.

  • Belako – ‘Plastic Drama’

Belako , Rock da Espanha , mais precisamente de Mungia (País Basco).

O álbum ‘Plastic Drama’ , do Belako , parece um mergulho nos anos noventa, quando o Indie Rock criava sucessos estalando os dedos: Breeders, Elastica, Pavement são alguns exemplos da época. Resumo deste maravilhoso álbum: algumas vezes afiado, outras vezes melódico, sempre intenso.

  • Chuck Prophet – ‘The Land That Time Forgot’

Chuck Prophet , veterano do ROCK AND ROLL ! Chuck Prophet fez parte do Green on Red, ponta de lança (junto com o Dream Syndicate e outros) do chamado Novo Rock Americano. Desde a década de 90, Prophet lança discos solo. Todos são recomendáveis.

Certamente Keith Richards e Bruce Springsteen vão curtir o disco ‘The Land That Time Forgot’ do Chuck Prophet. Eu curto muito ! Talvez, inclusive, Richards e Springsteen tivessem gostado de compor algumas das músicas do disco. Mas as músicas do álbum são de Chuck Prophet, um especialista no ROCK , de traje elegante , arrebatado compositor de baladas. Um disco para ouvir pensando no grupo New York Dolls.